domingo, abril 15, 2018

Metroid Fusion


Duas semana depois de ter finalizado o Metroid Zero Mission, hoje foi a vez de finalizar o outro Metoid lançado para o GBA.

Esse capítulo da saga é mais linear do que os outros, mas isso não tira o brilho do jogo. Ainda há muito backtracking, porém é bem mais guiado e quase não há sensação de perda que é uma das características da franquia.

Eu segui essa linearidade e terminei o jogo em 4h42min, porém peguei apenas 42% dos itens! Isso mostra que para aqueles que gostam de tentar achar o máximo possível dos itens, terá um bom desafio.

Os chefes até que foram mais tranquilos se comparados com outros da franquia, mas teve alguns que me desafiaram como esse da imagem abaixo.


Com esse eu termino de jogar todos os jogos no estilo 2D, considerando que os jogos lançados originalmente para o NES e para o Game Boy eu terminei suas versões remasterizadas.

O desafio agora é voltar para a série Prime que é maravilhosa, mas até hoje não consegui terminar nem o 1º e também empaquei num chefe do Prime Hunters do DS.

segunda-feira, abril 02, 2018

Metroid: Zero Mission



Em fevereiro quanto terminei o Metroid: Samus Returns escrevi que pretendia voltar ao Game Boy Advance e jogar os dois Metroisd lançado para ele.

Nesse feriado de Páscoa, decidi iniciar o remake do 1º Metroid e hoje de manhã antes de ir para o trabalho derrotei o último chefe e finalizei esse excelente jogo com 5 horas de gameplay e 55% dos segredos descobertos.

Originalmente o 1º Metroid foi lançado em agosto/1986 para o Famicon Disk System no Japão e em cartucho nos EUA em agosto/1987. Cheguei a jogar o original no meu 3DS, porém a falta do mapa me fez desistir logo. Mesmo sendo um dos meus gêneros favoritos, a falta do mapa demandaria um esforço muito grande em ter que decorar os caminhos ou ficar jogando com um mapa baixado da internet ao lado.

Só que em fevereiro/2004 a Nintendo lançou o remake do jogo para o GBA que, além de trazer os gráficos atualizados e cutscenes para ampliar a história da personagem, trouxe também melhorias essenciais para o gameplay, como salas de save, mais armas, alguns movimentos adicionais e de quebra ainda esticou um pouco o final do jogo visando explorar mais o passado da Samus


O jogo é muito bom e mesmo sendo o mais curto que joguei até hoje, me diverti muito e poucas vezes me senti perdido, logicamente que o mapa ajudou bastante.

Para quem quiser um desafio adicional, basta jogar o original, pois esse sim não tem mapa nenhum para guiar, além de menos armamento e poucos lugares para salvar!


sábado, março 31, 2018

Saldo Fim de Mês da Coleção de Jogos


Mais um mês tranquilo com poucos aquisições.

Para o PC aproveitei duas promoções de dois jogos que já estavam na minha lista de desejos, além de uma surpresa no na PS Plus de março que eles deram um jogo que vez ou outra eu pensava em comprar e agora veio de "graça" na Plus.

Esses dias até me peguei pensando se valeria a pena parar de pagar a Plus. Não jogo muito os jogos que ela disponibiliza mensalmente e o custo de US$60 anual dá uma desânimo de pagar com o custo do dólar ultimamente. Por enquanto vou levando, até a próxima renovação...


quarta-feira, fevereiro 28, 2018

Saldo Fim de Mês da Coleção de Jogos


Comparando com o mês passado, o ritmo deu uma melhorada, porém ainda lento. Creio que o ano deve ser meio assim, pois estou com um lista enorme de jogos para iniciar e, caso a promoção não seja muito boa, comprarei poucos jogos esse ano.

Além dos dois jogos da PS Plus, comprei o muito elogiado Hellblade. Joguei apenas uns 20 minutos e já deu para perceber o motivo da sua fama. Esse eu quero terminar, até porque o Jogabilidade lançou um Dash sobre ele.


segunda-feira, fevereiro 26, 2018

Post Número 500!!


Dessa vez não levou o tempo da vez passada e em quase 2 anos cheguei ao 500º post desse blog!

Já são 11 anos escrevendo por aqui com períodos mais prolíficos e outros nem tanto.

Desde dezembro/2006, esses foram os tempos que levei para chegar em cada marca:
  • Para o 100º post levei 1 ano e 9 meses
  • Para o 200º post levei 1 ano e 7 meses
  • Para o 300º post levei 2 anos e 8 meses
  • Para o 400º post levei 3 anos e 3 meses
  • Para o 500º post levei 1 ano e 11 meses

As publicações foram de Março/2016 a Fevereiro/2018 e ao longo desse período foram 4.297 visualizações, sendo que o tráfego foi gerado 67,5% no Brasil; 17,8% no Reino Unido; 4,4% nos EUA e o restante em vários outros países. Em relação as cidades brasileiras tive São Paulo com 22,3%; Rio de Janeiro com 5,1% e Brasília com 5%.

Os posts mais vistos são os mais antigos com o destaque para um jogo de PS Vita que terminei em setembro/2016 chamado Nihilumbra. Tive até 896 visualizções nesse post.

Mas o post de maio/2016 sobre a nova estante para a minha coleção de videogames também teve boa visualização com 849 visualizações.

Levando em consideração o ritmo de postagens dos últimos meses, creio que levarei um pouco mais de 2 anos para chegar ao post 600º. Sem problema!!! Aos poucos esse diário vai tomando forma e minhas memórias vão ficando guardadas.

domingo, fevereiro 25, 2018

Metroid: Samus Returns



Mais um capítulo finalizado dessa magnífica franquia da Nintendo!

Esse é o 3º Metroid que eu termino (os outros foram Super Metroid e Metroid Other M) e a jornada foi mais do que recompensadora!

Com pouco mais de 15 horas de jogo e fazendo "apenas" 59% do mapa, esse último lançamento da franquia merece a grande recepção que teve com notas altas em todos os sites de review.

O jogo foi lançando em setembro do ano passado é e um remake do Metroid II: Return of Samus lançado originalmente em novembro de 1991 para o Game Boy.

A dinâmica do jogo, de caçar os metroids, é excelente e o jogo nos obriga a fazer a todo o momento a principal característica da franquia: o backtracking. Logicamente que me perdi algumas vezes no labirinto dos vários níveis do planeta e voltei várias vezes em vários locais para testar um novo poder em alguma porta que não conseguia abrir.

A principal novidade foi também o método de combate com a adição de um melee counterattack que tonteia os inimigos antes de matá-los. Foi uma ótima adição ao jogo dando uma nova dinâmica ao combate que nunca foi a principal característica do jogo.

O mapa é bem grande e levei o dobro de tempo para terminá-lo se comparado ao Super Metroid.

Pretendo jogar ainda os dois jogos do Game Boy Advance, entretanto depois de jogar esse maravilhoso jogo, fica difícil de retroceder alguns passos para aproveitar jogos que não terão a mesma mecânica desse título.

terça-feira, fevereiro 20, 2018

Economia da Pecuária de Corte: Fundamentos e o Ciclo de Preços


Já tem um tempo que venho procurando me inteirar mais dessa cadeia produtiva e a publicação desse livro veio na hora certa.

Escrito pelo Engenheiro Agrônomo Ivan Wedekin, o autor é bem conhecido por quem trabalha no setor de Política Agrícola.

O livro traz um panorama bem completo de como está estruturada a cadeia produtiva da pecuária de corte, trazendo informações bem atualizadas do mercado internacional, do mercado nacional, como se produz carne bovina no País, as tecnologias envolvidas na produção, como funciona a indústria de abate, entre outros temas.

Para quem quiser ter um panorama geral dessa atividade, que é uma das mais tradicionais do campo, e que contribui imensamente para o fortalecimento do agronegócio nacional, o livro é indispensável, pois o autor tem larga experiência nesse setor trazendo ensinamentos concisos que estão dispersos em outras publicações.

quarta-feira, janeiro 31, 2018

Saldo Fim de Mês da Coleção de Jogos


Desde quando comecei a controlar a coleção de jogos esse foi o mês que menos comprei jogos! Mês passado já tinha sido fraco com apenas duas aquisições e nesse mês foi apenas um de PC.

O interessante é que pude alcançar a marca de 600 jogos bem distribuídos em 22 plataformas!


Pelo menos o jogo que eu comprei esse mês eu já consegui terminá-lo! Coisa rara de se ver!

Vamos ver no mês que vem se pelo menos a PS Plus traga bons jogos, pois nesse mês nem isso veio...

domingo, janeiro 21, 2018

Little Nightmares


Já tinha um tempo que vinha querendo comprar esse jogo e aproveitei uma promoção da Steam para finalmente comprar esse plataforma-terror que foi bem elogiado por vários críticos.

O jogo é no estilo Limbo/Inside, entretanto a movimentação é em 3D ao invés desses outros que tem o cenário 3D mas na realidade são 2D. O charme do jogo mesmo é a ambientação e a pitada de terror que ele traz. Os inimigos tem um design maravilhoso e só senti falta de ter mais encontros com eles.

Os puzzles não são tão complicados (alguns até bem fáceis), mas isso não prejudica o jogo. Fiquei gratificado de guiar a personagem Six para saber até onde essa história iria.

O jogo é curto (terminei com quase 4 horas) mas vale demais a experiência!


segunda-feira, janeiro 01, 2018

Filmes Vistos em 2017


Dois mil e dezessete se foi e esse foi um ano que vi muitos filmes!

Em 2015 foram 52 filmes e em 2016 foram 33 filmes. Mas em 2017 foram 64 filmes!!

Novamente os filmes do ano anterior foram os mais assistidos, mas os filmes lançados no ano foram bem vistos também. O mais antigo foi o clássico do Martin Scorsese, Os Bons Companheiros de 1990.


Apenas em dezembro que não vi nenhum filme e vi 33 filmes no 1º semestre e 31 filmes no 2º semestre. O mês de março foi o que mais assisti por causa das férias do trabalho.


  • Janeiro (5): Katy Perry: Part of Me, Kung Fu Panda 3, O Procurado, Con Air e Refém da Paixão
  • Fevereiro (2): A Morte do Demônio e David Blaine: Real or Magic
  • Março (14): Demônio, O Profissional, Duelo de Titãs, Os Bons Companheiros, Invasão Zumbi, Pets, A Grande Muralha, Nerve, Passageiros, Rogue One: Uma História Star Wars, Moana, Moonlight, Assassin's Creed e Rua Cloverfield 10
  • Abril (9): Zootopia, La La Land, Warcraft, Sem Escalas, Toy Story 3, Hitman: Agente 47, Animais Fantásticos e Onde Habitam, Homens de Coragem e Fatal Contact: Bird Flu in America
  • Maio (2): Silicon Cowboys e Fragmentado
  • Junho (1): O Vidente
  • Julho (13): Colateral, Doutor Estranho, John Wick: Um Novo Dia Para Matar, Logan, Z: A Cidade Perdida, Inferno, A Bela e a Fera, Fome de Poder, Deadpool, Os Descendentes, Corra!, Scott Pilgrim Contra o Mundo e Kick-Ass
  • Agosto (4): A Vida Secreta de Walter Mitty, Capitão América: Guerra Civil, Batman vs Superman: A Origem da Justiça e Todo Mundo Quase Morto
  • Setembro (6): John Carter: Entre Dois Mundos, A Hora do Espanto, Death Note, It: A Coisa, Corrente do Mal e Onde Está Segunda?
  • Outubro (6): O Babadook, Jogo Perigoso, Walt Antes de Mickey, Amaldiçoado, Amnésia e O Bar
  • Novembro (2): Bokeh e Circle
  • Dezembro: -